É possível ser cristão e mal-educado?

Un dibujo de un personaje de dibujos animados.

Será que Deus espera de Seus filhos um tipo de comportamento diferenciado em termos de boa educação, gentileza na fala e tratamento com as outras pessoas? A resposta, do ponto de vista bíblico, é um inequívoco: SIM.
No Sermão do Monte (Mateus 5-7), vemos muitas orientações a esse respeito. Por exemplo, Jesus diz que somos o sal da terra e a luz do mundo, o que remete ao fato de que precisamos nos diferenciar do mundo, dando-lhe o exemplo das boas virtudes (Mateus 5;13-16). Se o mundo é egoísta e desrespeitoso, obrigatoriamente devemos agir de modo polido e gentil com o próximo, como meio de brilhar a luz da boa educação em meio às trevas do comportamento egoísta, que trata mal o próximo.
Em seguida, o Senhor ordena: “Da mesma forma, suas boas obras devem brilhar, para que todos as vejam e louvem seu Pai, que está no céu” (Mateus 5:16). Sim, nossas ações devem se destacar por sua luminosidade e, com isso, proporcionar glória a Deus. Cristo diz, ainda, que “a árvore boa produz frutos bons, e a árvore ruim produz frutos ruins” (Mateus 7:17). Na sua opinião, um comportamento descortês e ofensivo é um bom ou um mau fruto?
Há um trecho muito significativo no sermão de Jesus que diz: “Em todas as coisas façam aos outros o que vocês desejam que eles lhes façam. Essa é a essência de tudo que ensinam a lei e os profetas” (Mateus 7:12). Você deseja que o tratem sem educação? Que sejam grosseiros e rudes com você? Que o desprezem? Que sejam debochados? Que gente que não concorda com suas crenças e práticas se refira a você com termos depreciativos, desqualificadores, inferiorizantes? Sim ou não? Ouso dizer que você respondeu não. Se estou certo e você não deseja que lhe façam isso, de acordo com o mandamento divino, você não deveria agir assim com as outras pessoas. A pergunta é: será que você vive essa realidade?
Meu irmão e minha irmã, ser cristão não significa só não fumar, não fazer sexo fora do casamento e ir ao culto uma vez por semana. Isso faz parte, mas ser cristão envolve muito, muito, muito mais que isso. Ser cristão implica, obrigatoriamente, ser uma pessoa gentil e educada. Ser polido no que fala e na forma como fala. Ser cortês com os desconhecidos que atravessam seu caminho. Ser afetuoso e delicado no trato com o próximo (o que não diminui em nada a sua masculinidade, rapazes). Tomar cuidado para não ferir os sentimentos dos demais. Zelar em suas postagens na Internet para não destratar indivíduos, mesmo que discorde deles.
Como você tem agido em seus relacionamentos? Quão educado você é com aqueles que discordam de suas ideias nas redes sociais? Se você perceber que muitas vezes está faltando tempero em sua fala, paciência no seu coração, gentileza nas suas palavras e educação nos seus pensamentos, sugiro que pare e reflita profundamente sobre as mais profundas implicações do que significa ser cristão.     Publicado: por Maurício Zágari é teólogo, escritor, editor, comentarista bíblico e jornalista. Escreve regularmente em seu blog, Apenas. É membro da Igreja Cristã Nova Vida em Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro. Fonte tá notícia aqui.

You may also like

Discussion

Please login here to leave a reply!

0 points
2 years ago
no somos perfectos pro debemos tratar de mejorar
avatar
Rafaeltnt
4 Karma
12 Posts

Made with by Mamby